sábado, 24 de junho de 2017

Alegria genuína




A despeito do respeito obrigatório a todo ser vivo, um ao menos deve ser defendido de maneira inalienável a todo homem; que é o direito à alegria genuína. Nenhuma alegria deve ser contestada.

Da série; do direito inalienável de ser um bobo-alegre






025.n cqe