sábado, 6 de dezembro de 2014

Não exposição




Falou-me então da discrição:

Nosso pensar é um catueiro lançado na imensidão estéril da matéria, cuja isca, caso aferre um que outro em seu vagar atento, dar-nos-á ao menos uma certeza: há esperança para o sentimento.


095.h cqe